A bicicleta foi projetada como parte de um projeto de pesquisa da Faculdade de Engenharia de Design Industrial, na Holanda, dentro da viabilidade da impressão 3D de metais com o uso de uma máquina de solda. O projeto faz parte de uma pesquisa mais ampla, realizada no Laboratório do Campo de Construção Civil.

“A impressão 3D tem sido extremamente popular desde a última década, mas para aqueles que desejem imprimir objetos de médio ou grande porte, ainda existem limitações significativas na tecnologia. Esse método de impressão 3D torna possível a produção de objetos de metal de médio ou grande porte com uma liberdade de formas quase integral” – afirma Harry Anderson (grupo Arc Bicycle).

Os estudantes testaram a força da estrutura ao montar e andar de bicicleta pela cidade de Delft. Ela tem um peso semelhante a uma bicicleta de aço comum, tendo um desempenho bom nas ruas de paralelepípedos irregulares da cidade. Os estudantes esperam que a bicicleta seja a primeira de uma série a ser construída durante a pesquisa e uma oportunidade em relação à montagem de bicicletas para o futuro.

“Para nós, foi importante projetar um objeto funcional que fizesse parte do dia-a-dia das pessoas. Como somos estudantes, e especialmente na Holanda, a bicicleta foi uma escolha natural. Uma estrutura de bicicleta é um bom teste para a tecnologia, devido às forças complexas envolvidas.” – comentou Stef de Groot.

A estrutura foi impressa com a ajuda da MX3D, uma start up de R&D em Amsterdã, especialista em impressão 3D de eixo múltiplo. A empresa tem desenvolvido um método inovador para o uso de braços robóticos de múltiplos eixos como impressoras 3D. Isso permite com que os metais e resinas sejam impressas no ar e em qualquer direção, sem a necessidade de estruturas de suporte. A empresa  é também a responsável pela construção de uma ponte de aço com impressão 3D, em Amsterdã, que teve seu início em 2015 e a previsão de conclusão é para este ano ainda.

Cinco estudantes fazem parte do grupo da Arc Bicycle:
Harry Anderson (Design Industrial, Universidade RMIT, Melbourne).
Stef de Groot (Engenharia de Design Industrial, TU Delft)
Ainoa Areso Rossi (Engenharia Civil, TU Delft)
Sjoerd van de Velde (Engenharia Mecânica, TU Delft)
Joost Vreeken (Engenharia Aeroespacial, TU Delft)

O projeto foi coordenado pelo Dr. Jouke Verlinden, cientista e coordenador do Laboratório de Impressão 3D e Pesquisador da Human-Centered Digital Fabrication da Faculdade de Engenharia de Design Industrial.

Vídeo